Parabéns às signatárias francesas por não se renderem à demagogia feminista

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2018 10h30
Reprodução/Instagram/ Ramona RosalesAs artistas usaram preto em protesto contra os assédios em Hollywood

No domingo, Luciano Huck falou no Domingão do Faustão sobre sua eventual candidatura à Presidência. À noite, a apresentadora Oprah Winfrey ao receber prêmio no Globo de Ouro usou palanque para promover o movimento Time’s Up. O Globo de Ouro foi o Domingão do Faustão de Oprah. Na terça, Trump comentou essa possibilidade de a apresentadora ser candidata à Presidência dos EUA. No Globo de Ouro escrevi sobre o festival de demagogia com “um ou outro momento de celebração à arte”. Adjetivar discurso de Oprah em matéria noticiosa é só militância.

Mas a melhor resposta veio da França: 100 mulheres assinaram manifesto contra puritanismo após caso de Harvey Weinstein. Francesas miraram as feministas, que em geral desprezam nuances para pintar homens como criminosos em potencial. As signatárias do manifesto se insurgem contra o feminismo que toma forma de ódio contra os homens.

Confira o comentário completo de Felipe Moura Brasil: