Joseval Peixoto: Bolsonaro critica a Folha de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2018 09h43
Estadão ConteúdoRepercutiu muito mal, em todo o Brasil, a critica de Bolsonaro ao jornal Folha de São Paulo.

Repercutiu muito mal, em todo o Brasil, a critica de Bolsonaro ao jornal Folha de São Paulo.

Aliás não foi uma crítica. Foi uma ameaça. O jornal não receberá verba de publicidade do governo, assim como todos os que o criticarem injustamente, disse o presidente.

No caso, a Folha noticiou, durante a campanha eleitoral, que uma funcionária de seu gabinete na Câmara vendia açaí na praia, durante o expediente.

O presidente chegou a entrar com ação no TSE, pedindo direito de resposta, o que e foi negado pelo tribunal, por seis votos a um.

Associações de jornalistas profissionais e organizações de defesa dos direitos humanos manifestaram repudio ás suas declarações.

No ato de sua posse, como de praxe, Bolsonaro vai jurar a constituição. E a nossa lei maior é rigorosa em defesa da liberdade de expressão.

É o artigo 220 do texto: a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma processo ou veículo, não sofrerão qualquer restrição.

E o paragrafo primeiro arremata: nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir qualquer embaraço à plena liberdade de informação jornalistica, em qualquer veículo de comunicação social.