Soltura por erro de ex-braço-direito de Beira-Mar ridiculariza a Justiça Penal

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2018 10h20
DivulgaçãoQuando um juiz concede HC, é uma espécie de carimbo, caso uma outra condenação não prenda o criminoso

A soltura por erro – ou não – de um dos mais famosos criminosos do Brasil, o ex-braço-direito de Fernandinho Beira-Mar. Ele recebeu um habeas corpus, mas era condenado por outros crimes. Quando um juiz concede HC, é uma espécie de carimbo, caso uma outra condenação não prenda o criminoso. Consta que, por erro, o “Playboy” foi solto. Isso ridiculariza o penitencialismo e a Justiça penal brasileira.

Confira o comentário completo de Joseval Peixoto: