Humoristas vão ao STF contra a censura durante as eleições

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2018 08h45
Nelson Jr./SCO/STFA Abert pede que não seja aplicado o dispositivo legal que censura a manifestação artística da sátira

Um grupo de humoristas foi ao STF fazer apelo ao ministro Alexandre de Moraes, relator da ADI representada pela Abert que pede contra dispositivos da lei eleitoral a montagem que de alguma forma degradem ou ridicularizem candidatos em período eleitoral. Ou seja, a Abert pede que não seja aplicado o dispositivo legal que censura a manifestação artística da sátira, do humor, da brincadeira. Trata-se de uma manobra da classe política.

Confira o comentário completo de Marcelo Madureira: