Maia e Eunício terem de viajar por conta de ausência de Temer é um absurdo

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2018 10h07
Marcelo Camargo/Agência BrasilQuando presidente viajar, não há vacância e nem situação de impedimento

As jabuticabas brasileiras são muitas. Falamos do “presodenciável”, que é o ex-presidente Lula, tivemos entrevista com Raul Jungmann e o controle dos presídios, mas tem uma que insisto, que é quando o presidente viaja e é obrigado a transferir o poder ao próximo na linha sucessória. Isso é tratado na Constituição. Quando presidente viajar, não há vacância e nem situação de impedimento, então por que os presidentes da Câmara e Senado devem também sair do País para não se tornarem inelegíveis?

Confira o comentário completo de Marco Antonio Villa: