Pimentel libera recursos a Mariana, mas povo ainda sofre

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2017 07h50
O rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco, cujos donos são a Vale a anglo-australiana BHP, causou uma enxurrada de lama que inundou várias casas no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. Inicialmente, a mineradora havia afirmado que duas barragens haviam se rompido, de Fundão e Santarém. No dia 16 de novembro, a Samarco confirmou que apenas a barragem de Fundão se rompeu.Local: Distrito de Bento Rodrigues, Município de Mariana, Minas Gerais.Foto: Rogério Alves/TV Senado"Mariana continua sofrendo e toda a região. Quem sofre é o povo da região”, diz Marco Antonio Villa

Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, libera R$ 9,5 milhões ao município de Mariana.

O anúncio foi feito neste domingo, durante as comemorações dos 321 anos da cidade, que ainda sofre com o rompimento de barragem da Samarco em 2015.

“E a população continua abandonada. Mariana continua sofrendo e toda a região. Quem sofre é o povo da região”, diz Marco Antonio Villa.

Assista ao comentário completo: