Villa: Câmara aprova reforma administrativa sem pedir nada em troca

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2019 07h38
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilJair Bolsonaro minimizou derrota imposta pela Câmara ao ministro Sérgio Moro

Câmara dos Deputados aprova texto-base da Medida Provisória que reduz número de ministérios e transfere o Coaf para a Economia. A votação representa uma derrota para o governo e, especialmente, para o titular da Justiça, ministro Sérgio Moro, que defendia a manutenção do conselho subordinado à pasta.

Jair Bolsonaro minimizou derrota imposta pela Câmara ao ministro Sérgio Moro e diz que “Coaf continua no governo”. A declaração do presidente foi feita durante comemoração em Brasília dos 71 anos da criação do Estado de Israel.

“Coaf ficar na Economia não tem problema, isso é bobagem. Muito barulho para nada. Vai continuar atuando, trabalhando. Foi importante a questão da MP da redução de número de ministérios. Vai agora ao Senado, mas há tempo suficiente para isso. A Câmara aprovou a MP sem pedir nada em troca. Quem critica o Congresso quer a ditadura. Sou contra a ditadura”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo: