Marcos Troyjo: Bolsonaro, o cavalheiro de ferro

  • Por Jovem Pan
  • 29/10/2018 09h01
EFEApós a declaração da vitória, Jair Bolsonaro segurava obra de Churchill, mas indico Margaret Thatcher, a dama de ferro

Os governantes gostam de examinar a atuação de grandes líderes da história como forma de inspiração na disputa eleitoral. Neste domingo (28), após a declaração da vitória, Jair Bolsonaro segurava obra de Churchill, mas indico Margaret Thatcher, a dama de ferro. Os desafios que o Brasil tem de enfrentar são imensos.

Confira o comentário completo de Marcos Troyjo: