Rodrigo Constantino: Silêncio de Bolsonaro enquanto aliados são massacrados não ajuda em nada

  • Por Rodrigo Constantino/Jovem Pan
  • 07/05/2019 09h24
Marcos Corrêa/PRMuita energia do bolsonarismo se volta contra inimigos fantasmas, enxergando "globalistas" ou "comunistas" por todo lado

O mercado voltou a reduzir com força a expectativa de crescimento da economia brasileira neste ano, em meio à deterioração do cenário para a indústria, de acordo com a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira (06).

O levantamento semanal apontou que a estimativa de crescimento do PIB em 2019 passou a 1,49%, de 1,70% no levantamento anterior, na décima semana seguida de piora da projeção. A expectativa para a indústria foi reduzida a um crescimento de 1,76%, contra 2% antes.

Enquanto isso, uma ala do governo, sob influência de Olavo de Carvalho, prefere investir em ataques contra os militares, gerando mais picuinhas nas redes sociais que mobilizam a militância virtual mas acabam prejudicando o próprio governo. O alvo da vez é o ministro Santos Cruz, com base numa entrevista dada há um mês e distorcida pelos olavistas.

O guru dedicou mais de uma dezena de postagens contra o ministro, fazendo o general Villas Bôas se manifestar em defesa dos militares. Ele chamou Olavo de “Trotski da direita” e disse que substituir uma ideologia por outra com o mesmo grau de fanatismo em nada contribui para a “elaboração de uma base de pensamento que promova soluções concretas para os problemas brasileiros”.

A resposta é legítima, mas o silêncio do próprio presidente, enquanto seus aliados próximos são massacrados por aquele que é guru dos seus filhos e foi condecorado recentemente pelo próprio Bolsonaro, em nada ajuda. É uma sinalização de cumplicidade, de consentimento, e se os militares próximos do presidente são tratados assim, o que um parlamentar da “velha política” pode esperar uma vez aprovada a reforma previdenciária?

A economia patina sem sair do lugar, o Brasil segue com milhões de desempregados, mas muita energia do bolsonarismo se volta contra inimigos fantasmas, enxergando “globalistas” ou “comunistas” por todo lado. É uma perda de tempo espantosa. Um tempo que não temos para desperdiçar…