Após fora de Joaquim Barbosa, PSB pode formar aliança nacional com Ciro Gomes

  • Por Jovem Pan
  • 13/06/2018 08h19
Reprodução/PDTA tendência maior é fechar com o Ciro. Uma reunião da Executiva deve ser realizada ainda neste mês

O PSB, depois de levar um “fora” de Joaquim Barbosa, chega a noivar e chegar em casamento. Algumas restrições estão sendo dissipadas. Há conversas e hoje a ala majoritária do PSB está propensa a votar por aliança nacional com Ciro Gomes. O partido entende que assim não se dilui participação na TV e até mesmo em um eventual Governo.

A tendência maior é fechar com o Ciro. Uma reunião da Executiva deve ser realizada ainda neste mês. Eles acham que o PSB oferece alguma consistência ideológica para a chapa de Ciro.

Em São Paulo, o governador Márcio França desistiu de levar o PSB para uma aliança com Geraldo Alckmin e pode trocar o PSDB pelo PDT, para conseguir mais tempo de TV e fazer frente a uma candidatura mais robusta de João Doria, ex-prefeito da capital paulista.

Desistências

Pessoas candidatas de si mesmo devem levar um choque de realidade nos próximos dias. Um deles é Guilherme Afif, que tem se dito candidato, quando seu partido, o PSD, apenas aguarda e valoriza passe para fechar aliança nacional.

Da mesma linha, Rodrigo Maia parece cansado de pré-candidatura à Presidência e mais preocupado em tentar uma reeleição na Câmara.

Henrique Meirelles é outra dúvida. O MDB já começa a tentar achar que uma aliança com Alckmin é melhor, já que uma candidatura com alguém do Governo já é algo natimorto.

Já a candidatura do empresário Flávio Rocha também está na repescagem.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: