Depois de se tornar réu, Aécio Neves acorda com mais más notícias

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2018 08h04
Valter Campanato/Agência BrasilAécio Neves vê até mesmo líderes do PSDB se afastarem de sua defesa

O ex-presidente FHC deu entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo e vai na mesma linha de Geraldo Alckmin ao dizer que Aécio Neves deveria pensar duas vezes antes de se lançar candidato.

Ele diz que não fica feliz com a condenação de Lula e nem com a decisão que tornou Aécio réu, mas que decisão judicial não se discute.

Além disso, mais más notícias contra Aécio. O ex-ministro Osmar Serraglio confirmou que foi pressionado por Aécio para nomear delegado para conduzir investigações.

Por fim, Joesley entregou aditamento de sua delação em que diz que pagou mesada de R$ 50 mil a Aécio.

Candidato em Minas Gerais

Quando o ex-governador e atual senador Antonio Anastasia aceitou ser candidato novamente ao governo do Estado, impôs como condição que Aécio não fosse candidato ao Senado novamente por MG, mas Aécio começou a dar sinais de que poderia ser candidato para se defender.

Mas, com a decisão do STF, Aécio viu se tornar mais fraca sua chance de se candidatar.

Nomes do PSDB acham que se STF derrubar o foro privilegiado na próxima semana, as investigações tendem a “descer” na instância e Aécio pode não sair candidato.

Aécio Neves pode sair como deputado federal, e a isso Anastasia não se opõe. Mas se cair o foro, a necessidade de se ter cargo fica menor.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: