Maia cria aliança circunstancial com PT contra Michel Temer

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2018 08h08
Agência BrasilMaia vai propor a criação de um Seguro Social, que dá benefício fixo e variável aos beneficiários

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, vai usar o “Bolsa Dignidade” do Governo Temer para travar um novo embate com o presidente da República. O democrata começará se apondo terminantemente à discussão de mudanças no Bolsa Família por medida provisória, uma vez que o programa é estabelecido em lei. Aí a aliança circunstancial com o PT.

A segunda frente de oposição ao projeto é conceitual. Em seu ensaio de candidatura, Maia vai propor a criação de um Seguro Social, que dá benefício fixo e variável aos beneficiários.

Maia conversou com o PT e combinou com o partido de unir forças na Câmara contra a mudança no programa por medida provisória e nos termos que o Governo esboça.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: