Meirelles fala em ser candidato, mas enfrentará caminhos difíceis

  • Por Jovem Pan
  • 23/02/2018 08h00
José Cruz/Agência BrasilOs caminhos estão meio fechados para Meirelles. Se ele quiser mudar de partido e continuar em um grande teria como opção o PMDB. Mas se este insistir em Temer, Meirelles não tem chance

O ministro da Fazenda agora está falando abertamente em ser candidato à Presidência e, mais explicitamente. Ele o faz em momento que outros candidatos ensaiam a mesma coisa.

Meirelles sondou marqueteiro Duda Mendonça e começa a flertar com a possibilidade. Mas os caminhos não estão fáceis. Ele é filiado ao PSD, de Gilberto Kassab, que sempre nas eleições esteve atrelado a algum partido maior, e que negocia aliança com Geraldo Alckmin.

Os caminhos estão meio fechados para Meirelles. Se ele quiser mudar de partido e continuar em um grande teria como opção o PMDB. Mas se este insistir em Temer, Meirelles não tem chance.

A alternativa seriam partidos menores como PRB, que não tem tempo de TV sedutor, ainda mais para um candidato à Presidência.

Trabalho na Fazenda terminou?

A impressão é essa. Tão logo se passou a régua e ficou claro que não se votaria a reforma da Previdência, ele se põe a falar em candidatura. Mas ainda há série de medidas infraconstitucionais que dizem respeito à arrecadação e até à Previdência que demandam esforço do Governo.

Meirelles dirá que tem reforma trabalhista, recuperação do emprego, ajuste das contas públicas ainda serem continuadas. Resta saber se esta será uma agenda que toca o eleitor.

Preparado para disputa contra Michel Temer

Se Meirelles começa a sair da toca, essa é declaração ousada. É complicado. Como explica que ministro, até pouco tempo no cargo, vai disputar com seu presidente. Como ficaria no debate? Vai ficar estranho, mas me parece retórica. Ele sabe, no fundo, que há espaço para uma candidatura neste espaço governista.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: