Temer deve observar cenário até junho para decidir sobre candidatura à reeleição

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2018 09h03
Jovem PanEm suas falas, Temer “dá a senha” de que vai observar o cenário até junho, pelo menos, para se decidir sobre uma candidatura à reeleição

Nos bastidores do Palácio do Planalto, a ênfase à segurança pública ficou bastante evidente não só nas falas do presidente Michel Temer em entrevista à rádio Jovem Pan como também em seu entorno.

A equipe de Temer monitora a popularidade do presidente e possuem até pesquisas internas para isso. Em suas falas, Temer “dá a senha” de que vai observar o cenário até junho, pelo menos, para se decidir sobre uma candidatura à reeleição.

Até se falou em alianças amplas, mas a sensação é de que a equipe de Temer cogita a possibilidade e o prepara para um discurso de que será candidato ao Planalto.

No quesito da segurança, Temer toma o estandarte de Jair Bolsonaro e dá alfinetada em FHC sobre a afirmação de que apenas governos fracos recorrem a militares. Mas o quesito da segurança pública também fortalece o nome de Raul Jungmann, novo ministro da pasta.

Com ele, Moreira Franco e Mendonça Filho também ficam fortalecidos.

Sobre as eleições, ainda há nos bastidores uma evidente falta de interesse de alianças mais amplas com o PSDB. A falta de entusiasmo que notamos na sociedade é presente no Palácio do Planalto. Fica patente nas conversas de bastidores que eles não veem muita chance na candidatura do tucano Geraldo Alckmin.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: