Vamos assistir a uma eleição com menos candidatos do que se imaginava

  • Por Jovem Pan
  • 12/03/2018 11h08
Marcelo Camargo/Agência BrasilNem a gente deve assistir a proliferação de candidatos nanicos e nem há muitos candidatos a deputado

Na medida em que vai se aproximando o prazo final para desincompatibilização, vai também se afunilando o quadro das candidaturas. Gilberto Kassab, por exemplo, explicitou o apoio de seu partido, PSD, ao governador Geraldo Alckmin. Isso se dá no centro, mas também nos outros partidos se negociam alianças que enxuguem o quadro de candidaturas. Nem a gente deve assistir a proliferação de candidatos nanicos e nem há muitos candidatos a deputado. Assim, pessoas como Henrique Meirelles devem começar a ser tiradas do páreo aos poucos.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: