Vera Magalhães: Bolsonaro mostra que nada está certo na questão de votações de reformas

  • Por Jovem Pan
  • 06/11/2018 07h55
EFEBolsonaro demonstrou na entrevista ao Datena que é São Tomé e precisa “ver para crer”

Em entrevista nesta segunda-feira (05), o presidente eleito Jair Bolsonaro desautorizou declarações de assessores sobre a reforma tributária e mostrou-se exitante na votação da reforma da Previdência.

Bolsonaro demonstrou na entrevista ao Datena que é São Tomé e precisa “ver para crer”. Ele disse que já viu sistemas em que as pessoas contribuem para formar um fundo e que depois isso quebra. Pareceu que nada está certo.

Até então, as declarações sobre a reforma da Previdência eram todas mais assertivas. Ele mesmo mencionou o sistema de capitalização, mas agora põe uma espécie de freio na proposta que seus assessores estão estudando.

Mas mesmo na reforma do modelo atual, Bolsonaro deu vários passos atrás. Ele propôs uma idade mínima menor que a do projeto do atual Governo. Ele disse que aposentadoria é como um contrato a ser honrado. Foram várias declarações que deixaram o mercado e políticos com pé atrás.

Com relação à reforma tributária, ele disse que vai cortar cabeças de assessores que falarem coisas que não foram autorizadas por ele. Bolsonaro negou ainda afirmações fora de contexto e não autorizadas por ele sobre a CPMF, por exemplo.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: