Vera Magalhães: discurso de Doria na posse revela projeto nacional de liderança

  • Por Jovem Pan
  • 01/01/2019 10h08
Renato S. Cerqueira/Estadão ConteúdoTucano foi empossado como governador nesta terça-feira

Para a comentarista da Jovem Pan Vera Magalhães, o governador João Doria (PSDB) deixou alguns recados bastante claros seu discurso de posse na Assembleia Legislativa de São Paulo, na manhã desta terça-feira (1°). De acordo com ela, o tucano, que pretendia inicialmente fazer uma “breve saudação”, acabou antecipando quais devem ser os tons de seu governo no estado.

“Doria deu um tom nacional ao discurso. Falou que São Paulo é uma nação, que não vai virar as costas ao Brasil, que vai governar a todos os brasileiros que vivem aqui. Ao falar de seu secretariado, disse que se trata de uma ‘seleção’ à altura do que se esperar do estado. É todo um conjunto de ideias e declarações que mostram seu projeto nacional. Sua ambição de ser um líder não apenas local, mas nacional. E isso ele fará como governador e como dirigente do PSDB – já que ele também antecipou linhas de seu partido”, disse Vera.

Ainda segundo a comentarista, o discurso apresentou algumas críticas a outras siglas e até mesmo à própria legenda. “Ficaram uns recados inclusive de contraponto à gestão anterior de Geraldo Alckmin, seu padrinho político, com quem rompeu ou, se não rompeu, se afastou. Ele disse que ‘agora não é hora de ir ao Palácio do Planalto esperando água ou cafezinho’, que agora ‘vai ter que trabalhar’. Chegou a dizer que São Paulo ‘vai ter comando’. Mas até então não havia?”, questionou.