Vera Magalhães: Fraudes mostram resiliência mesmo com mudança na lei eleitoral

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 10h04
Elza Fiúza/ABrA legislação eleitoral foi mudada para impedir fraudes eleitorais e caixa dois, mas há a resiliência desse tipo de esquema

Criou-se na lei eleitoral a cota feminina de candidaturas. E isso virou um jeito de burlar as limitações de financiamento eleitoral e as mulheres foram usadas como “laranjas”. Já há casos no PSL, de Minas Geras e Pernambuco. Um esquema claramente verificado. A legislação eleitoral foi mudada para impedir fraudes eleitorais e caixa dois, mas há a resiliência desse tipo de esquema. Os partidos da dita direita também não estão imunes a esse tipo de prática.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: