Vera Magalhães: Indulto humanitário é correto

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 08h34
EFE/Antonio LacerdaO perdão da pena vale para detentos com doenças graves e terminais, mas não atinge quem tiver sido condenado por tráfico, corrupção e crimes hediondos ou sexuais

Decreto com indulto para presos é publicado no Diário Oficial da União. O perdão da pena vale para detentos com doenças graves e terminais, mas não atinge quem tiver sido condenado por tráfico, corrupção e crimes hediondos ou sexuais.

“Está correta a decisão. Estado não tem que ser insensível a esse tipo de problema. O indulto é humanitário e é bem diferente de indulto que facilite saída de condenados por corrupção. Está correto o indulto”, diz Vera Magalhães.

Confira o comentário completo: