Vera Magalhães: Ministério da Justiça de Moro quer asfixiar o crime organizado

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2018 08h01
EFE/Hedeson AlvesMoro deixou claro que iria aplicar os mecanismos que usou na Lava Jato. A escolha de seus auxiliares também corrobora essa intenção do ex-juiz federal

O desenho do Ministério da Justiça de Sergio Moro está voltado para asfixiar o crime organizado. Já era uma aposta esse caminho quando o futuro ministro foi indicado e anunciou seus primeiros nomes da equipe.

Moro deixou claro que iria aplicar os mecanismos que usou na Lava Jato. A escolha de seus auxiliares também corrobora essa intenção do ex-juiz federal.

As indicações de Érika Marena e Luiz Pontel atestam esse trabalho. Os três trabalharam juntos não só na Lava Jato como também no caso Banestado.

O Ministério da Justiça terá esse braço de estrangulamento financeiro do crime e trabalhará junto com controle de fronteiras e segurança pública.

Juntas, as duas tentarão asfixiar financeiramente organizações como o PCC, que também tem forte presença internacional por meio de forte rede de financiamento e envio de recursos ao exterior.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: