Cobertura mamográfica no Brasil está abaixo do recomendado pela OMS

  • Por Jovem Pan
  • 29/06/2018 07h52
AlarconBenthos / PixabaySegundo o levantamento, em 2017 eram esperadas 11 milhões e meio de mamografias, mas foram realizadas 2,7 milhões no Sistema Único de Saúde

Um levantamento da Sociedade Brasileira de Mastologia e da Rede Brasileira de Pesquisa em Mastologia mostra que a cobertura mamográfica no Brasil está abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde.

Segundo o levantamento, em 2017 eram esperadas 11 milhões e meio de mamografias, mas foram realizadas 2,7 milhões no Sistema Único de Saúde em mulheres na faixa etária entre 50 e 69 anos.

As regiões Norte e Centro-Oeste são as que apresentam as menores coberturas.

A mamografia é um importante exame de rastreamento do câncer de mama que permite que o diagnóstico precoce do tumor seja feito e dessa forma aumentam as chances de cura.

Por isso, é fundamental que esforços sejam feitos para ampliar o acesso da população a esse exame, com mais agilidade no agendamento e equipamentos adequados nos hospitais.

Somos o Instituto Vencer o Câncer. Estamos juntos com você nessa luta. Acesse o nosso site: www.vencerocancer.org.br