Josias de Souza: Para não queimar ministro, Bolsonaro se carboniza

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2019 08h00 - Atualizado em 08/08/2019 19h26
Ernesto Rodrigues - Estadão ConteúdoO assessor do ministro de Turismo foi preso ontem em operação da Polícia Federal em caso dos laranjas do PSL

Ministro-chefe da Casa Civil reforça confiança do Governo Federal no ministro do Turismo. Onyx Lorenzoni declarou que o Planalto aguarda com serenidade o fim de investigação após o assessor de Marcelo Álvaro Antônio ser preso em operação da Polícia Federal.

“A permanência do ministro do Turismo no cargo não faz o menor sentido, não tem nexo. O presidente terá que fazer por pressão o que não fez por opção. Ao explicar a última mexida de cadeira quando afastou ministros dos cargos, o presidente declarou que certos ministros são como ‘fusíveis’. Para não queimar o presidente, os ministros se queimam. Aqui está acontecendo o contrário. Para não queimar ministro, Bolsonaro se carboniza”.