A crise entre Carlos Marun e os governadores: tem certo nessa história?

  • Por Jovem Pan
  • 27/12/2017 19h34
Agência CâmaraChefes do Executivo estadual prometem acionar política e judicialmente os agentes públicos envolvidos, caso a "ameaça" de Marun se confirme
Governadores do Nordeste enviaram nesta quarta-feira uma carta pública ao presidente Michel Temer protestando contra o ministro Carlos Marun.
Eles reclamam que o secretário de Governo exagerou ao declarar ontem que os governadores interessados em receber recursos federais e obter financiamentos com bancos públicos, como a Caixa, terão de ajudar o Planalto a aprovar a reforma da Previdência.
No documento, os chefes do Executivo estadual prometem acionar política e judicialmente os agentes públicos envolvidos, caso a “ameaça” de Marun se confirme.
Em entrevista ao Jornal da Manhã, Marun desconversou. Segundo ele, não houve condicionamento, apenas conversa.
No 3 em 1 desta quarta-feira, 27, Patrick Santos mediou um debate sobre o assunto entre Vera Magalhães, Denise Campos de Toledo e José Maria Trindade.
Vera lembrou que Marun se irritou durante a entrevista ao Jornal da Manhã e disse que ele vai ter de responder agora aos governadores. Denise afirmou que Marun mostrou por que foi colocado no cargo. Zé Maria, por sua vez, brincou com a figura de Marun, que, segundo ele, ficou conhecido como o “grande barulhento da vez” em Brasília.