Bolsonaro participa do Roda Viva

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2018 19h50
ReproduçãoBolsonaro evitou o confronto, não discutiu forte com ninguém e se esquivou dos temas que não domina

A gente abriu o 3 em 1 desta segunda-feira falando sobre a entrevista de Jair Bolsonaro ao Roda Viva. Ela vem repercutindo muito. Bateu recorde de audiência do programa tanto na TV como na internet. O assunto também foi um dos mais comentados nas redes sociais. Como diz o Andreazza aqui, é impressionante como Bolsonaro consegue pautar o debate público.

A entrevista foi bem parecida com as últimas que o candidato deu por aí. Bolsonaro evitou o confronto, não discutiu forte com ninguém e se esquivou dos temas que não domina. Voltou a recorrer ao seu Posto Ipiranga, Paulo Guedes, quando o assunto foi economia.

Apesar de mais comedido, o candidato entrou em algumas polêmicas. Disse, por exemplo, que as eleições deste ano estão ‘sob suspeição’ por causa da urna eletrônica.

Em outro momento, Bolsonaro voltou a elogiar o regime militar, negando que tenha ocorrido um golpe em 1964.

No 3 em 1 desta terça-feira (31), Patrick Santos mediou um debate sobre o tema entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira.

Vera disse que Bolsonaro “venceu” essa etapa, mas lembrou que esse foi apenas o primeiro round. Andreazza lamentou a noite do Jornalismo. Segundo ele, “Bolsonaro se saiu bem independentemente do que tenha respondido”. Já Madureira se disse preocupado com os discursos totalitários que lideram o cenário eleitoral.