PP desiste de França e fecha com Doria: traição?

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2018 20h09
Antonio Cruz/Agência BrasilCom a mudança, Doria passará a ter a maior fatia da propaganda eleitoral de rádio e TV

A cúpula do PP em São Paulo bateu o martelo e decidiu revogar o acordo que havia fechado com o governador Márcio França. A legenda vai apoiar João Doria na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes.

A assessoria de imprensa do tucano marcou uma coletiva ao meio dia de amanhã para oficializar a aliança. Com essa mudança, Doria passará a ter a maior fatia da propaganda eleitoral de rádio e TV.

A troca de aliados ocorreu em menos de uma semana. Na sexta-feira passada, o PP havia anunciado seu apoio a França.

No 3 em 1 desta quinta-feira (21), Patrick Santos mediou um debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira.

Vera disse que não encarou a troca como uma traição e que isso faz parte do jogo. Andreazza afirmou que a posição do PP é muito confortável, pois ganhe Doria ou França, o partido estará no poder. Já Madureira declarou que o que aconteceu nesse episódio foi um leilão.