S&P rebaixa a nota de crédito do Brasil: derrota feia do governo?

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2018 19h11
ReproduçãoO rebaixamento já era esperado por parte do mercado em razão das dificuldades do governo para aprovar a reforma da Previdência

Uma péssima notícia para a economia do país. A agência de classificação de risco Standard&Poor’s rebaixou ontem à noite a nota de crédito do Brasil de “BB” para “BB menos”. Com isso, o rating do país está agora três degraus abaixo do chamado grau de investimento.

Na justificativa para a decisão, a agência apontou como “uma das principais fraquezas do Brasil” o atraso na aprovação de medidas fiscais que reequilibrem as contas públicas.

O rebaixamento já era esperado por parte do mercado em razão das dificuldades do governo para aprovar a reforma da Previdência.

Após o anúncio da decisão, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, lamentou que o Congresso não tenha aprovado a proposta até agora.

Em nota, o Ministério da Fazenda afirmou que o governo federal se mantém comprometido com a consolidação fiscal.

No 3 em 1 desta sexta-feira, 12, Patrick Santos mediou um debate sobre o assunto entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira.

Vera explicou que, apesar de não pesar diretamente no bolso do cidadão, essas avaliações são importantes para o governo e os investimentos do país. Já Andreazza e Madureira discutiram sobre a decisão da agência e a crise no Brasil. Andreazza defendeu que ela está acabando. Madureira sustenta que ela continua aí.