Galvão Bueno exalta Gabriel Jesus após 2 a 0 na Argentina: ‘Ele deu uma lição para muita gente’

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2019 12h33
Montagem sobre fotos/Reprodução/Estadão ConteúdoGalvão Bueno conversou com exclusividade com a Jovem Pan e elogiou Gabriel Jesus após a vitória do Brasil sobre a Argentina

A incrível arrancada de Gabriel Jesus que resultou no gol de Roberto Firmino, o segundo do Brasil na vitória por 2 a 0 sobre a Argentina, na última terça-feira, no Mineirão, impressionou Galvão Bueno. Em entrevista exclusiva concedida ao locutor Nilson Cesar, da Rádio Jovem Pan, após a semifinal da Copa América, o narrador da TV Globo analisou o jogo e disse que, ao não cair e resistir às faltas cometidas pelos defensores argentinos no lance do segundo gol brasileiro, o atacante do Manchester City “deu uma lição para muita gente de hoje”.

“Passamos um sufoco contra a Argentina, cara!”, afirmou Galvão, aliviado. “Brasil x Argentina é um jogo diferenciado. Não há como apontar um favorito em hipótese alguma. Tá bom… A Argentina tem uma defesa ruim, vinha mal… Mas tem o Messi! O Brasil tem uma defesa fenomenal, um time mais equilibrado, vinha fazendo uma Copa América melhor… Mas não tem o Messi! Eu dizia que era um jogo para ser decidido nos pequenos detalhes, numa grande jogada ou numa falha infeliz. E acabou sendo decidido em duas grandes jogadas”.

“A jogada do Daniel Alves no primeiro gol é espetacular, e a do Gabriel… Ele deu uma lição para muita gente de hoje de que não tem de cair, não! Ele tomou umas três ou quatro faltas… E foi, e encarou! Ele percorreu 72m desde que matou a bola no peito até dar o toque final para o Firmino! Isso é quase um campo de futebol inteiro, gente!”, complementou, extasiado.

Para Galvão, a final da Copa América, no próximo domingo, no Maracanã, será disputada contra o Chile – que, nesta quarta-feira, encara o Peru na outra semifinal, em Porto Alegre. E o narrador da TV Globo não hesitou em eleger o Brasil o favorito ao título mesmo em uma eventual decisão diante dos atuais bicampeões continentais.

“O Chile tem um time muito bom, mas já é um fim de geração. O Chile sofreu para chegar à essa semifinal. Vai que encara uma prorrogação contra o Peru? Não sei… Eu não conseguia dizer que o Brasil era favorito contra a Argentina. Mas eu tenho coragem de dizer que o Brasil seria favorito contra o Chile! Tem tudo para ganhar, sim! E vai ser um grande espetáculo no domingo!”, finalizou.

Confira a entrevista exclusiva de Galvão Bueno à Jovem Pan no vídeo abaixo!