Vampeta polemiza: ‘Não seria diretor do Corinthians nem se estivesse passando fome’

  • Por Jovem Pan
  • 11/07/2019 14h22
Montagem sobre fotos/Reprodução/Estadão ConteúdoÍdolo do Corinthians, Vampeta hoje é um dos integrantes da equipe de esportes da Rádio Jovem Pan

Campeão mundial, bicampeão brasileiro e um dos jogadores mais queridos da história do Corinthians, Vampeta polemizou e disse que, se fosse convidado, não aceitaria trabalhar em um cargo diretivo do clube alvinegro “nem se estivesse passando fome”.

A afirmação foi feita durante o Esporte em Discussão desta quinta-feira. O ex-jogador, que atualmente é comentarista da Rádio Jovem Pan e presidente do Audax, deu a declaração enquanto o programa analisava o desempenho de Raí, um dos maiores ídolos da história do São Paulo, como diretor de futebol tricolor.

“Eu acho que dificilmente o ídolo vai dar certo…”, disse Vampeta. “Eu, por exemplo, se tivesse alguma proposta para tralhar como diretor no Corinthians, não iria nem se estivesse passando fome! O Roberto Dinamite arranhou a imagem dele no Vasco, o Zico (no Flamengo). Os caras chegam lá e começam: ‘Raí, pede pra sair!’ Imagina? ‘Ai que bom seria, se o Vampeta voltasse pra Bahia!’. No Audax, é diferente. É um clube menor, de família”, acrescentou.

Pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, Vampeta teve três passagens pelo Corinthians. Ao todo, foram cinco anos e sete títulos conquistados pelo clube de Parque São Jorge – dois Campeonatos Paulistas, dois Campeonatos Brasileiros, um Torneio Rio-São Paulo, uma Copa do Brasil e um Mundial de Clubes.

Assista ao comentário completo de Vampeta no vídeo abaixo!