Ação da Prefeitura termina em tumulto e depredação na Cracolândia

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2018 07h25
URIEL PUNK/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODependentes químicos iniciaram um tumulto depois que um guarda da GCM prendeu uma pessoa com drogas na Cracolândia

O final da tarde desta quinta-feira foi marcado por tumulto no centro de São Paulo. Um conflito entre guardas-civis e usuários de drogas resultou em depredação e ruas interditadas na região da Cracolândia. Segundo a Polícia Militar, a confusão começou durante uma ação de limpeza realizada pela Prefeitura de São Paulo, com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Os dependentes químicos iniciaram um tumulto depois que um guarda da GCM prendeu uma pessoa com drogas na Cracolândia. Os usuários começaram a jogar pedras, gerando um confronto na Rua General Couto de Magalhães, por volta da uma hora da tarde. Dois guardas ficaram feridos e uma viatura foi danificada. Sacos de lixo foram incendiados e as avenidas Rio Branco e Duque de Caxias tiveram o trânsito interrompido pelos usuários que correram entre os carros.

Uma janela do restaurante da Sala São Paulo foi quebrada por uma pedra arremessada da rua. Os estilhaços não atingiram os clientes por causa do tecido grosso da cortina que cobria.

A ação de limpeza é feita periodicamente na região para retirada de entulho e lixo nas ruas. A situação foi controlada por volta das 4 horas da tarde. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial, no bairro Santa Ifigênia.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro