Após pesquisa, Bruno Covas defende ações na Cracolândia

  • Por Jovem Pan
  • 19/07/2018 06h24
Fernanda Carvalho/FotosPublicasPrefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), ressalta que não há mais nenhuma rua controlada pelo tráfico na região

O prefeito de São Paulo defendeu as ações municipais no centro da capital paulista para resolver a situação da Cracolândia. Nesta quarta-feira (18), durante evento do Sindicato da Habitação de São Paulo, Bruno Covas destacou as medidas realizadas desde a gestão de João Doria.

A declaração foi feita após a divulgação de uma pesquisa do Ibope em parceria com a Rede Nossa São Paulo, em que os paulistanos apontam que o combate ao tráfico de drogas e o desenvolvimento de políticas públicas são as principais medidas a serem adotadas para reduzir as concentrações de usuários de crack.

Bruno Covas aponta que as ações impostas pela Prefeitura têm gerado resultado. “Não tem nenhuma rua controlada pelo tráfico. Tínhamos alguns quarteirões em que a prefeitura não era autorizada a entrar nem mesmo para fazer a limpeza. O poder público já pode estar ali presente, mas infelizmente temos uma quantidade imensa de pessoas. Até porque é uma doença crônica e de difícil tratamento”, disse.

O prefeito destaca que diversas cidades que enfrentaram cracolândias passaram por um processo parecido. Desde primeiro de janeiro de 2017, o programa Redenção já abordou 76 mil usuários e realizou 6,5 mil internações voluntárias. Mais de mil traficantes foram presos no centro de São Paulo.

*Com informações do repórter Matheus Meirelles