‘Brasil é melhor opção de investimento na América Latina pós-reforma’, diz Onyx Lorenzoni

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2019 06h35
Fátima Meira/Estadão ConteúdoDe acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, a reforma da Previdência reequilibrará as contas e atrairá investimento interno e externo

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que a reforma da Previdência vai equilibrar as contas e atrair investimentos para o país. Lorenzoni afirmou que, com previsibilidade, o Brasil passa a ser o melhor lugar para se investir na América Latina.

“A reforma da Previdência foi compreendida pela sociedade como o caminho para que o Brasil pudesse se ombrear as principais nações do mundo. Resolvido fiscalmente, o Brasil deverá receber, a partir da aprovação do Senado, grandes investimentos internos e externos.”

Na declaração, dada nesta segunda-feira (15) em Santa Catarina, Onyx Lorenzoni refirmou que a segunda votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara deve ocorrer no dia 6 de agosto.

Uma das preocupações do governo é não perder apoio à reforma na Câmara.

No primeiro turno, o texto-base da proposta foi aprovado por 379 votos a favor e 131 contra. Na véspera do recesso, a Previdência dominou os discursos na sessão plenária desta segunda-feira.

O deputado Coronel Chrisóstomo (PSL-RO) disse que é preciso pensar nas prioridades do país depois da aprovação da reforma. Já o deputado Bohn Gass (PT-RS) fez críticas à reforma da Previdência.

Pelo texto da reforma que está na Câmara, o governo deve economizar cerca de R$ 900 bilhões em 10 anos.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni