Bruno Covas faz nova mudança em seu secretariado

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2018 10h05
Reprodução/FacebookProcuradora Berenice Giannella, presidente da Fundação Casa por 12 anos, agora é secretária de Direitos Humanos de Bruno Covas

Nova mudança no primeiro escalão da Prefeitura de São Paulo. O prefeito Bruno Covas exonerou nesta sexta-feira (10) Eloísa Arruda, que era titular da secretaria municipal de Direitos Humanos e Cidadania. O secretário-adjunto, Eduardo Barbosa, também foi exonerado do cargo.

Para o lugar de Eloísa, Bruno Covas nomeou para a procuradora Berenice Maria Giannella, que foi presidente da Fundação Casa por 12 anos. No cargo de secretária-adjunta, foi nomeada Marisa Fortunato.

Eloísa Arruda é procuradora de Justiça e já foi secretária de Justiça do Estado de São Paulo na gestão do ex-governador Geraldo Alckmin entre 2010 e 2014.

Eloísa ficou a frente da pasta por cerca de dois meses, ao assumir a vaga de Patrícia Bezerra, que saiu em maio por discordância com as ações da Prefeitura na região Cracolândia.

Com informações de Fernando Muniz ao Jornal da Manhã