Pompeo diz que ‘EUA estão de volta’ à América Latina; Brasil e outros 20 países assinam compromisso de combate ao terrorismo

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2019 09h23
EFESecretário norte-americano vai viajar por diversos países da região, mas não visitará o Brasil

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou que os Estados Unidos estão “de volta à América Latina” e que o país vai ajudar as nações da região a enfrentar o terrorismo. A declaração foi dada nesta sexta-feira (19), em um evento na Argentina, em que os países latino-americanos assinaram um compromisso de luta contra o terrorismo.

Ao todo, representantes de 21 países, inclusive o Brasil, assinaram o documento de combate ao terrorismo.

Pompeo esteve em Buenos Aires na semana em que o atentado contra a Associação Mutual Israelita Argentina (AMIA), que deixou 85 mortos, completou 25 anos. O ataque é atribuído ao Hizbullah. Nesta quinta-feira (18), o governo da Argentina reconheceu o grupo islâmico libanês como uma organização terrorista. O pais sul-americano congelou os bens de membros do Hezbollah e da própria organização.

Pompeo elogiou a decisão da Argentina, dizendo que a medida vai diminuir a capacidade do grupo de levantar fundos na região.

Os Estados Unidos também anunciaram uma recompensa de 7 milhões de dólares para quem souber do paradeiro de Salman Raouf Salman. Ele é considerado o autor intelectual do atentado contra a associação judaica AMIA.

Agenda

A visita de Mike Pompeo à Argentina marca o início de uma série de viagens que o secretário de Estado vai fazer na América Latina. Até o dia 21 de julho, por exemplo, ele vai visitar o Equador, o México e El Salvador, mas o Brasil não está incluso em seu roteiro.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni