Comissão especial debate mudanças na aposentadoria rural

A mudança contou com uma forte defesa do deputado Alexandre Frota

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2019 09h15
PixabayO Ministério da Economia aponta que o Governo vai direcionar R$ 900 bilhões para a Previdência e assistência social em 2019

A comissão especial da reforma da Previdência debateu as mudanças na aposentadoria rural com uma forte defesa do deputado Alexandre Frota, que lembrou que a arrecadação do setor é de R$ 9 bilhões e o desembolso de R$ 125 bilhões com 95% de segurados especiais, sem contribuição.

Para Aristides Veras dos Santos, da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura, o modelo atual evita a pobreza maior no campo.

O secretário Especial Adjunto de Previdência, do Ministério da Economia, Bruno Bianco Leal, ressaltou que o setor concentra 40% das fraudes.

O deputado Eduardo Costa questionou que desde 2016, 86% das perícias convocadas foram negadas aos segurados.

O Ministério da Economia aponta que o Governo vai direcionar R$ 900 bilhões para a Previdência e assistência social em 2019 e terá R$ 30 bilhões para investimentos.

*Informações do repórter Marcelo Mattos