Crivella pede ao STF que parte dos recursos recuperados pela Lava Jato seja destinado à Prefeitura do RJ

Crivella foi ousado em seu pedido ao ministro e quer que 50% dos recursos recuperados sejam destinados à Prefeitura

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2019 06h22
Arquivo/Agência BrasilEstes recursos seriam aplicados em obras de prevenção contra fenômenos da natureza e infraestrutura para contenção de encostas

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, espera receber nos próximos dias a resposta do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, sobre um pedido inusitado. Crivella quer que parte dos recursos desviados da Petrobras e recuperados pela Lava Jato seja destinado à Prefeitura do Rio.

Estes recursos seriam aplicados em obras de prevenção contra fenômenos da natureza e infraestrutura para contenção de encostas. A chuva fez diversas vítimas no Rio de Janeiro nos últimos meses.

Crivella foi ousado em seu pedido ao ministro e quer que 50% dos recursos recuperados sejam destinados à Prefeitura, por entender que a Petrobras é sediada no município e recolhe boa parte de seus impostos na capital.

O fato é que estes recursos desviados da estatal são cobiçados por muitas pessoas. Já foram recuperados mais de R$ 3 bilhões desde que o propinoduto foi descoberto dentro da empresa. Até recentemente falou-se na possibilidade de criação de um fundo anticorrupção em parceria que envolveria Petrobras, Departamento de Justiça dos Estados Unidos e Ministério Público Federal.

*Informações do repórter Rodrigo Viga