‘É momento de o PSDB buscar consenso, acredito que podemos repaginar o partido’, defende Gabrilli

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2018 10h14
Johnny Drum/Jovem Pan"Precisamos falar mais para dentro e trazer mais harmonia para dentro do partido, aí a gente não estará tão pequeno assim (…) Acredito que a gente ainda pode reginar o partido”, defendeu

Após amargar um quarto lugar na disputa presidencial com Geraldo Alckmin, o PSDB precisa reavaliar suas posições e estratégias, segundo os próprios tucanos, e continuar focado nas seis disputas a governos estaduais que ainda vigoram neste segundo turno.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, a senadora eleita por São Paulo, Mara Gabrilli, disse que é preciso pensar em um “futuro próximo”, já que existem seis candidatos ainda na disputa.

“É momento de o PSDB se unir, buscar consenso. Tem muitos quadros importantes e todo mundo fala. Precisamos falar mais para dentro e trazer mais harmonia para dentro do partido, aí a gente não estará tão pequeno assim (…) Acredito que a gente ainda pode reginar o partido”, defendeu.

Mandato no Senado

Mara Gabrilli destacou que o Congresso será influenciado pelo próximo presidente eleito, mas que manterá sua forma de trabalho, independentemente do nome que tomará posse no Palácio do Planalto.

“Quem ganhar a Presidência influi bastante. Mas sempre digo que Senado forte é ingerência do Executivo muito menor e mais força ao povo. Independente de qualquer quantidade de partido, eu sempre trabalhei buscando consenso, construindo política pública com muito diálogo. E continuarei do mesmo jeito. Ter pessoas que pensam de forma tão diferente enriquece a democracia quando existe respeito e possibilidade de trazer ideias que se aproximem de alguma forma. Vejo positivo termos extremos para tentar buscar caminho mais plausível”, afirmou.

Segundo Mara, o recado das urnas por renovação fazem ousar um Brasil mais diferente. “Chego em um momento para colher muito do que o brasileiro plantou de indignação e estou esperançosa que a gente consiga fazer diferente. Minha principal bandeira é defender o direito de todo cidadão”, finalizou.

Confira a entrevista completa com a senadora eleita, Mara Gabrilli: