Em encontro, Haddad apela a evangélicos que deem espaço para respostas às fake news

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2018 09h19
Roberto Casimiro/Estadão ConteúdoNo texto, o petista afirmou que o "medo e a mentira são semeados entre o povo cristão” contra os representantes do partido desde as eleições de 1989

Fernando Haddad divulgou uma carta a evangélicos com versículos bíblicos e fez apelo para que fiéis combatam a disseminação de notícias falsas nos cultos. O candidato do PT à Presidência lançou o documento em um encontro com pastores contrários a Jair Bolsonaro em São Paulo nesta quarta-feira (17).

No texto, o petista afirmou que o “medo e a mentira são semeados entre o povo cristão” contra os representantes do partido desde as eleições de 1989. Fernando Haddad disse que ele carrega ao longo da vida os valores expressos na carta e apela aos evangélicos para que deem espaço para as respostas às notícias falsas.

Na entrevista coletiva, Fernando Haddad se contrapôs a Jair Bolsonaro a respeito do processo de escolha do procurador-geral da República num próximo governo. Enquanto o candidato do PSL disse que pode empossar um nome de fora da lista tríplice da categoria, o petista prometeu obedecer a indicação dos membros do MP.

O encontro reuniu cerca de 200 pastores, ligados principalmente a igrejas protestantes históricas e alguns de denominações neopentecostais. Fernando Haddad concedeu entrevistas no resto do dia.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Tiago Muniz