Em NY, Moro é homenageado e Doria descarta “plano B” do PSDB

  • Por Jovem Pan
  • 16/05/2018 08h55
VANESSA CARVALHO/ESTADAOJuiz Sergio Moro recebe o prêmio de "Person of the year" em Nova York

A Jovem Pan acompanha a premiação “Person of the year” diretamente do Museu de História Natural de Nova York, nos Estados Unidos. Nesta terça-feira (14), receberam essa premiação o ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg e também o juiz federal Sergio Moro.

O ex-prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) também esteve presente na cerimônia e concedeu entrevista exclusiva. Doria, que é pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, afirmou que a homenagem a Moro é mais do que justa. “Graças ao juiz Sergio Moro o Brasil está mudando. Evidentemente graças também a outros juristas, a outros juízes, promotores, membros da Polícia Federal, mas com um líder. Esse líder é o juiz Sergio Moro”, declarou Doria.

Questionado sobre a polêmica entrevista à Agência Bloomberg sobre um possível plano B do PSDB na corrida presidencial, Doria reafirmou que Alckmin segue como o plano A do partido tucano.

“Não há opção B. Há opção A, A de Alckmin. Ele é o nosso candidato. Acredito que Geraldo Alckmin vai liderar uma coalizão de partidos do centro para fortalecer sua posição e seu tempo de televisão. Com o apoio de deputados estaduais e senadores para que Alckmin possa ir ao segundo turno, vencer e presidir o Brasil. Sobretudo colocando o Brasil para frente. Nem à esquerda e nem à direita”, ressaltou o tucano.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos