Em posse de procuradores, Bolsonaro questiona Maia se ‘Collor é candidato’ à presidência do Senado

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2019 09h54
Lucio Tavora/Estadão ConteúdoFotógrafos que estavam no local conseguiram tirar uma foto do pedaço de papel e foi possível ler a pergunta do presidente

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse nesta sexta-feira (11), ao presidente Jair Bolsonaro, que ele inaugura um mandato de mudanças e renova a esperança dos brasileiros. A declaração foi dada em Brasília na cerimônia de posse de novos procuradores da República.

Dodge também ressaltou a importância da Constituição: “agradeço por isso sensibilizada e muito especialmente a Vossa Excelência, que inaugura mandato de mudanças sob a égide da Constituição e renova a esperança dos brasileiros de que a vida cotidiana seja melhor para todos”.

Também estiveram presentes no evento os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli.

Raquel Dodge destacou as presenças e disse essa foi que a primeira vez que presidentes de poder executivo, legislativo e judiciário compareceram a cerimônia de posse de novos procuradores.

No evento, Jair Bolsonaro sentou ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Em tom amistoso, eles se cumprimentaram e em determinado momento, Bolsonaro passou um bilhete para o deputado, que sorriu e deu uma resposta em tom de voz baixo.

Fotógrafos que estavam no local conseguiram tirar uma foto do pedaço de papel e foi possível ler a pergunta do presidente. No bilhete, Bolsonaro questiona: Collor é candidato?, em possível alusão à Presidência do Senado. Em seguida, o presidente da República guarda o papel.

Procurada, a assessoria de Collor informou não saber se o senador é ou não candidato à Presidência do Senado.

Bolsonaro não ficou até o fim da cerimônia de posse de novos procuradores. Na saída do evento, ele foi saudado pela plateia com gritos de “mito”.

*Informações do repórter Afonso Marangoni