Em velório de George H. W. Bush, Trump cumprimenta Obama, mas ignora Hillary Clinton

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2018 07h08
EFEA ex-secretária de Estado também não se virou quando Trump e sua esposa tomaram seus assentos, e não houve saudação entre os dois casais

Durante o velório do ex-presidente americano George Herbert Walker Bush, que faleceu na última sexta-feira (30) aos 94 anos, Donald Trump cumprimentou seu antecessor Barack Obama, e a esposa dele Michelle Obama.

Só que o presidente ignorou sua adversária nas eleições de 2016, Hillary Clinton, e o marido dela, o também ex-presidente Bill Clinton, que estavam sentados ao lado de Obama e Michelle.

A ex-secretária de Estado também não se virou quando Trump e sua esposa tomaram seus assentos, e não houve saudação entre os dois casais, sinal de que o clima não melhorou com o passar do tempo.

O caixão com o corpo de Bush pai deixou o Capitólio no início da tarde desta terça e foi levado para a Catedral de Washington.

Entre as autoridades estrangeiras que acompanham a cerimônia estão: o príncipe Charles da Inglaterra, a chanceler alemã, Angela Merkel, o rei jordaniano Abdullah II e a rainha Rania.

Nascido em uma família rica da Nova Inglaterra, Herbert Walker Bush governou o país de 1989 a 1993, durante o fim da Guerra Fria e a primeira Guerra do Golfo. Ele foi derrotado na eleição presidencial de 1992 por Bill Clintou, quando tentava a reeleição.

*Informações do repórter Victor Moraes