Empresário e fiscais são condenados por corrupção na Máfia do ISS

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2018 07h20
Reprodução/TV GloboEx-subsecretário da Receita da Secretaria Municipal de Finanças, Ronilson Bezerra Rodrigues foi um dos condenados pela justiça

Empresário e fiscais são condenados por corrupção na máfia do ISS.

O empreiteiro Carlos Augusto Rodrigues Lamelas, dono da CLL Construtora Lamelas, foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão, em regime semiaberto, pelo pagamento de propina a agentes da Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo, para evitar o pagamento de R$ 196 mil em impostos, e pagou R$ 8 mil.

Cinco fiscais acusados de integrar a Máfia do Imposto Sobre Serviço, investigada em 2013, também foram condenados, e já são também denunciados em outros processos.

Lamelas foi o primeiro empresário denunciado pelo Ministério Público, em julho de2016.

Os agentes condenados são Ronilson Bezerra Rodrigues, subsecretário de Finanças; José Rodrigo de Freitas, o “rei dos fiscais”, pelo patrimônio de R$ 73 milhões; Luís Alexandre Cardoso de Magalhães, Eduardo Horle Barcellos e Carlos Augusto Di Lallo Leite do Amaral.

Os dois últimos fizeram acordo de delação premiada e receberam o direito de cumprir a pena em regime aberto.

Os demais foram condenados a seis anos de reclusão em regime semiaberto após o trânsito em julgado da ação. Eles também perderam bens, imóveis, carros, bloqueados pela Justiça. Todos foram demitidos da Prefeitura a bem do serviço público.

*Informações do repórter Marcelo Mattos