GCM é afastado das funções após disparar contra manifestantes na região do Brás, em SP

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2017 10h20
Rogerio Cavalheiro/Estadão ConteúdoA arma do GCM foi apreendida pela Polícia Civil, que apura o caso

Um agente da Guarda Civil Metropolitana foi afastado de suas funções, segundo a Prefeitura de São Paulo, após efetuar disparos contra uma multidão na região do Brás. Na ocasião, uma manifestação deixou dois GCMs acuados e, um deles, chegou a disparar contra as pessoas que ali protestavam.

Não há informações sobre feridos. Há imagens que circulam pelas redes sociais mostrando o momento.

A arma do GCM foi apreendida pela Polícia Civil, que apura o caso. Durante a operação, uma pessoa foi presa em flagrante por suspeita de depredar uma viatura da GCM, e mais quatro foram levadas à delegacia, mas liberadas em seguida.

Após o fato, o policiamento na área aumentou, mas a insatisfação de ambulantes da região continua firme.

Confira as informações do repórter Fernando Martins: