Governo de SP anuncia medidas para reduzir os impactos das chuvas

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2019 06h20
Flavio Corvello/Estadão ConteúdoCoronel Nyakas, Salles, Campos, Rodrigo Garcia, João Doria, Gustavo Canuto, Bruno Covas, Paulo Serra e Rossieli Soares durante reunião do grupo de trabalho “Chuvas de Verão”

O governador de São Paulo anunciou medidas para conter os danos causados pelas chuvas nas últimas semanas. Nesta quinta-feira (14), João Doria se reuniu com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, secretários de Estado e representantes de municípios do Grande ABC.

Entre as principais medidas, está a retomada da construção do Piscinão Jaboticabal, na divisa entre os municípios de São Paulo, São Caetano do Sul e São Bernardo do Campo.

O Estado providenciará a Declaração de Utilidade Pública para desapropriar o terreno, e buscará recursos junto à Caixa Econômica Federal para dar início à licitação da obra. O governador João Doria explicou a importância da construção: “é um piscinão de 900 mil metros cúbicos, na fronteira com São bernardo e São Caetano que ajuda e contribui em toda essa região. São cerca de R$ 400 milhões e será feito em conjunto com o Governo Federal”.

João Doria também destacou a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Moradores das regiões atingidas pelos temporais também poderão sacar o FGTS. O ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, explica as condições para a retirada do dinheiro: “as áreas afetadas com a devida declaração da Defesa Civil municipal podem procurar a Caixa Econômica para fazer esse saque antecipado”.

Segundo Gustavo Canuto, o programa Minha Casa Minha Vida “área de risco”, uma das modalidades da faixa 1, também será direcionado para realocar vítimas dos temporais em locais seguros.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, destacou que caberá às administrações municipais informar os endereços contemplados pela ajuda: “cabe à Prefeitura informar a lista de todas as ruas em sistema próprio da Defesa Civil e a partir disso isso é encaminhado à Caixa Econômica e as pessoas podem se dirigir para fazer o saque do FGTS”.

Covas destacou também que com o decreto de emergência, os moradores das regiões atingidas pelas chuvas podem solicitar nas subprefeituras a isenção do IPTU.

O governo do Estado anunciou ainda, por meio do Banco do Povo, a concessão de linhas de microcrédito de até R$ 20 mil para os empreendedores de pequenos negócios que tiveram prejuízos com as chuvas.

*Informações do repórter Matheus Meirelles