Governo de SP quer manter Sabesp como estatal e busca mudanças em MP do Saneamento

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2019 08h26
Aloisio Mauricio/Estadão ConteúdoEm reunião, Doria, Garcia e Maia discutiram também a reforma da Previdência

O governo do estado São Paulo articula junto à bancada paulista na Câmara dos Deputados alterações na medida provisória do marco regulatório do saneamento básico no país, para manter a Sabesp como uma estatal

O governador João Doria (PSDB-SP), o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM-SP) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniram em São Paulo na sexta-feira (8). Segundo Garcia, as negociações apresentam a possibilidade de uma emenda na MP para excluir as estatais do setor que não dependem do Tesouro, caso da Sabesp.

O vice-governador de São Paulo afirma que dessa forma a estatal poderia “permanecer competitiva na mercado”, dando sequência ao projeto de capitalização discutido para a empresa Para o Rodrigo Garcia, se a MP for mantida como está, “a Sabesp perderá espaço no mercado”, o que poderia levar à “privatização da empresa”.

Rodrigo Maia, por sua vez, disse não ser favorável à regulamentação do saneamento por meio de medida provisória e que investimentos em saneamento devem básicos devem ser feitos por projeto de lei. Doria, Maia e Garcia debateram na última sexta também temas referentes à reforma da Previdência, tema prioritário no parlamento.

*Com informações da repórter Victoria Abel