Governo disponibiliza R$ 4,1 bilhões para gastar com ministérios e órgãos públicos

  • Por Jovem Pan
  • 22/09/2018 08h35
Marcelo Camargo/Agência BrasilO secretário do Tesouro Nacional Mansueto Almeida disse que o rombo nas contas públicas deve ficar em 125 bilhões de reais, número bem abaixo da meta fiscal

O Ministério do Planejamento anunciou uma liberação de 4,12 bilhões de reais para serem gastos com órgãos públicos e ministérios. Ainda não foi definido para onde especificamente o valor vai ser direcionado.

A demanda dos ministérios chega a 6,7 bilhões de reais. Por isso, segundo o secretário de Orçamento Federal George Soares, o governo vai fazer uma espécie de triagem para decidir o que vai priorizar. De acordo com o Planejamento, as estimativas para as receitas deste ano subiram em 3,9 bilhões de reais em relação ao mês de julho, enquanto as despesas caíram 4,2 bilhões.

O secretário do Tesouro Nacional Mansueto Almeida disse que o rombo nas contas públicas deve ficar em 125 bilhões de reais, número bem abaixo da meta fiscal, que tem um déficit de de 159 bilhões.

Mesmo assim, a previsão de crescimento do PIB segue baixa, em 1,6%. Mansueto Almeida aponta que a expectativa do mercado é menor. As empresas estatais devem registrar um superávit de cinco bilhões de reais neste ano, e os estados, um lucro de 9,7 bilhões.

*Com informações do repórter Arthur Scotti.