Inadimplente leva, em média, 14 meses para pagar dívidas e ‘limpar’ nome, aponta pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2019 07h20
PixabayUm terço dos entrevistados afirmam que ficaram negativados por causa do cartão de crédito, enquanto 17% citam o crediário e outros 16%, os gastos com telefonia

Levantamento aponta que brasileiro inadimplente leva, em média, 14 meses para pagar dívidas e limpar o nome. A pesquisa foi feita pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

Um terço dos entrevistados afirmam que ficaram negativados por causa do cartão de crédito, enquanto 17% citam o crediário e outros 16%, os gastos com telefonia.

A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, ressaltou que a demora na hora de quitar as dívidas é ainda mais perigosa por causa dos juros e sugere a renegociação: “a gente sempre orienta o consumidor a organizar vida financeira e renegociar a dívida assim que possível”. Ela ressaltou que o consumidor não precisa esperar a cobrança dos credores e pode se antecipar, sugerindo a renegociação da dívida.

O economista da Associação Comercial de São Paulo, Marcel Solimeo, lembrou que, muitas vezes, o inadimplente tem mais de uma conta atrasada: “um grande número de consumidores tem débitos em vários estabelecimentos, então é mais difícil para quitar todos”. Ele acrescentou que a expectativa ainda é que os índices de inadimplência continuem altos em 2019.

Segundo a pesquisa do SPC Brasil, o consumidor que conseguiu renegociar as dívidas teve um desconto médio de 35%.

*Informações do repórter Victor Brown