Justiça libera leilão da Avianca; data da disputa ainda não foi definida

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2019 06h44
André Gustavo Stumpf/FlickrCompanhia aérea está em processo de recuperação judicial desde dezembro do ano passado

O Tribunal de Justiça de São Paulo liberou, nesta segunda-feira (17), o leilão de ativos da Avianca Brasil. O pregão da companhia aérea, que está em processo de recuperação judicial desde dezembro do ano passado e acabou sendo colocada à venda, tinha sido suspenso no dia 7 de maio, a pedido de um dos credores.

A definição pela liberação do leilão ficou decidida por dois votos a um. O único a se posicionar contra foi o desembargador Ricardo Negrão, relator do caso. Ele defendeu que a disputa continuasse suspensa até que se verificasse a legalidade do plano de recuperação da empresa, que prevê a criação e o leilão de sete Unidades Produtivas Isoladas da companhia aérea, contendo seus horários de pousos e decolagens.

Até o momento, a data para a disputa não foi marcada. Ela será definida após a publicação do acórdão que determinará as condições.

Logo que anunciou a venda, a Avianca recebeu propostas de outras aéreas, como a Azul, que foi negada, seguida pela Latam e Gol.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro