Mais de 3 milhões de brasileiros procuram emprego há pelo menos 3 anos, diz Ipea

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2019 08h08
Edson Lopes Jr/A2ADPesquisa ainda revela que 1/4 dos domicílios brasileiros vive sem qualquer tipo de renda oriunda do trabalho

Cerca de 3,3 milhões de brasileiros estão esperando uma oportunidade no mercado de trabalho há pelo menos três anos, segundo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) nesta terça-feira (18).

Os dados são referentes ao primeiro trimestre deste ano e mostram que esse contingente não para de crescer. Em 2015, eram aproximadamente 1,3 milhão de desempregados há dois anos ou mais.

O Ipea traçou um perfil dessas pessoas no chamado desemprego longo: mais de 2 milhões são mulheres, com menos escolaridade e moradoras do Norte e Nordeste do país.

No entanto, segundo o Ipea, a aprovação da reforma da Previdência pode ajudar a impulsionar a criação de novos postos de trabalho, além de atrair investimentos.

A economista do Ipea Maria Andreia Lameiras destaca que, dependendo do timing da aprovação da reforma, a reação do mercado de trabalho pode ser no começo do ano que vem ou mais para o final de 2020.

“Se tivermos uma reforma que ande mais rápido no Congresso, seja aprovada até o começo do segundo semestre, já teremos uma melhora no começo de 2020. Mas se a tramitação da reforma no Congresso acabar se estendendo demais, como o mercado de trabalho reage com alguma defasagem a melhora só irá acontecer no segundo semestre de 2020”, explicou Lameiras.

A pesquisa do Ipea também revelou que cerca de 1/4 dos domicílios brasileiros vive sem qualquer tipo de renda oriunda do trabalho.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga