Motoristas de ônibus de São Paulo suspendem greve prevista para quinta (23)

Os motoristas reivindicam 8% de aumento, e as empresas ofereceram inicialmente 4%

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2019 07h26
Fábio Arantes/ SecomO reajuste oferecido recebeu aval do sindicato da categoria, mas ainda precisa ser aprovado, em assembleia

Motoristas de ônibus suspenderam paralisação prevista para acontecer em São Paulo após proposta das empresas.

A greve estava marcada para esta quinta-feira (23). O reajuste oferecido recebeu aval do sindicato da categoria, mas ainda precisa ser aprovado, em assembleia, nesta quarta-feira (22).

Os motoristas reivindicam 8% de aumento, e as empresas ofereceram inicialmente 4%. A nova oferta chegou a 5% de reajuste. O índice foi oferecido após o prefeito Bruno Covas indicar o ex-presidente da Câmara Municipal, o vereador Milton Leite (DEM)para participar das negociações.

A Prefeitura de São Paulo pretende renovar os contratos com as empresas de ônibus. Mas o sindicato patronal, preventivamente, ingressou com um pedido de dissídio no Tribunal Regional do Trabalho, caso os motoristas aprovem a greve em assembleia, nesta quarta-feira.

*Informações do repórter Marcelo Mattos