Nove meses depois, brasilienses ainda convivem com obras de recuperação de viaduto desabado

  • Por Jovem Pan
  • 16/11/2018 06h33
Joédson Alves/EFEEm uma região movimentada e perto do horário do almoço quando a movimentação é intensa, a estrutura desabou, mas não houve vítimas

Assim como os paulistanos, o brasiliense também levou um susto em fevereiro desse ano, quando parte de um viaduto caiu no centro da capital do país. Em uma região movimentada e perto do horário do almoço quando a movimentação é intensa, a estrutura desabou, mas não houve vítimas.

Não se pode dizer, no entanto, que foi uma surpresa para as autoridades locais, uma vez que vários alertas já haviam sido dados e o próprio Tribunal de Contas do DF já havia afirmado que era urgente corrigir problemas na estrutura daquele viaduto.

Um contrato de R$ 11 milhões foi firmado para reconstruir a estrutura. Os trabalhos começaram em setembro, e a previsão de conclusão é março do ano que vem. Hoje, o local continua isolado.

Em um primeiro momento foram feitas obras de limpeza, remoção de entulho e objetos soterrados, além do escoramento da estrutura restante. Em outubro começaram as obras de recuperação. A equipe do governador eleito, Ibaneis Rocha classificou a obra como prioritária para o novo governo.

*Informações da repórter Luciana Verdolin